Vamos rezar juntos, deixe seu pedido de oração.

HOMILIA DIÁRIA - PAPA FRANCISCO

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Imaculada Conceição de Nossa Senhora - Solenidade - 08 de dezembro

Ó Deus, que preparastes uma digna habitação para o vosso Filho, pela imaculada conceição da Virgem Maria, preservando-a de todo pecado em previsão dos méritos de Cristo, concedei-nos chegar até vós purificados também de toda culpa por sua materna intercessão. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

DOGMA DE FÉ: Maria é virgem porque sua virgindade é o sinal de sua fé, - absolutamente livre de qualquer dúvida, - e de sua doação sem reservas à vontade de Deus. É sua fé que lhe concede tornar-se a Mãe do Salvador: “Maria é mais bem-aventurada recebendo a fé de Cristo do que concebendo a carne de Cristo”. (CIC 506)

A imaculada Conceição de Nossa Senhora é um dogma de fé, aonde a mãe de Jesus veio ao mundo preservada do pecado original. Maria desde sua concepção estava cheia da graça de Deus, nasceu e viveu sem a presença do pecado. Quem dá esse testemunho é o próprio anjo do Senhor (anjo Gabriel), que em sua saudação exclama “Ave cheia de graça”. Como bem frisou Santo Ambrósio de Milão: “uma vez que Jesus tornou-se encarnado no ventre da Virgem Maria, era necessário que ela estivesse completamente livre de pecado para poder gerar seu Filho”, ou seja, como poderia Jesus habitar um corpo coberto pelo pecado.

Nossa Senhora da Imaculada Conceição - Pedido de Oração

Ó Deus, que preparastes uma digna habitação para o vosso Filho, pela imaculada conceição da Virgem Maria, preservando-a de todo pecado em previsão dos méritos de Cristo, concedei-nos chegar até vós purificados também de toda culpa por sua materna intercessão. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Imaculada Conceição de Nossa Senhora - 08 de dezembro

A palavra do missionário não é motivo para conversão, mas apenas a ocasião, o instrumento de que se serve Deus para tocar as pessoas. Nós plantamos e regamos, mas Deus é que dá o crescimento.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO




Ofício da Imaculada Conceição (Comentado)

O Ofício na realidade é uma maneira de comunicação com Deus através da oração. Ao longo do tempo varias foram às formas criadas pela humanidade para alcançar as graças do Criador através da intercessão dos Santos. Maria Mãe de Jesus e nossa, tornou-se modelo de obediência, caridade, amor e fé. Por isso não existe maior intercessora entre os santos.

O Ofício da Imaculada Conceição teve sua origem com o monge franciscano Bernardino de Bustis no século XV, e foi aprovado pelo Papa Inocêncio XI em 1678. Em março de 1876 o Papa Pio IX concedeu 300 dias de Indulgência cada vez que fosse recitado. No Concílio Vaticano II, Paulo VI modificou a doutrina das Indulgências, concedendo agora Indulgência Plenária a aqueles que rezarem o Ofício.

Liturgia Diária Comentada 08/12/2016 quinta-feira

Oração do Dia: Ó Deus, que preparastes uma digna habitação para o vosso filho pela imaculada conceição da virgem Maria, preservando-a de todo pecado em previsão dos méritos de Cristo, concedei-nos chegar até vós purificados também de toda culpa por sua materna intercessão. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Primeira Leitura: Livro do Gênesis 3,9-15.20

Depois que Adão comeu do fruto da árvore, o Senhor Deus o chamou, dizendo: "Onde estás?" E ele respondeu: "Ouvi tua voz no jardim, e fiquei com medo porque estava nu; e me escondi". Disse-lhe o Senhor Deus: "E quem te disse que estavas nu? Então comeste da árvore, de cujo fruto te proibi comer?" Adão disse: "A mulher que tu me deste por companheira, foi ela que me deu do fruto da árvore e eu comi". Disse o Senhor Deus à mulher: “Por que fizeste isso?" E a mulher respondeu: "A serpente enganou-me e eu comi". Então o Senhor Deus disse à serpente: "Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais domésticos e todos os animais selvagens! Rastejarás sobre o ventre e comerás pó todos os dias da tua vida! Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar". E Adão chamou à sua mulher "Eva", porque ela é a mãe de todos os viventes. - Palavra do Senhor.

A tragédia dos “órfãos de pais vivos” - Prof. Felipe Aquino

É tão importante a pessoa do pai na vida do filho, que o próprio Filho de Deus encarnado quis ter um pai (adotivo) na Terra. Jesus não pôde ter um pai natural neste mundo porque não havia homem capaz de gerar o Verbo encarnado; então, o Espírito Santo o gerou no sei puríssimo e virginal de Maria Santíssima.

Mas Jesus quis ter um pai adotivo, nutrício, neste mundo; e escolheu São José, o glorioso patrono da Igreja, como proclamou o Papa Pio IX, solenemente, em 1870.

Quando José quis deixar a Virgem Maria, no silêncio da discrição de sua santidade, Jesus mandou que imediatamente o Arcanjo da Anunciação, São Gabriel, logo lhe dissesse em sonho: “José, filho de Davi, não temas receber Maria por tua esposa, porque o que nela foi gerado é obra do Espírito Santo” (Mt 1,20). E a José coube a honra de dar-lhe o nome de Jesus, no dia de sua circuncisão (Mt 1,21).

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Santo Ambrósio de Milão - Doutor da Igreja - 07 de dezembro

“Ninguém cura a si próprio ferindo outro”. (Ambrósio de Milão)

Nascido de família romana cristã, e educado em Roma, Ambrósio tornou-se governador da Ligúria e Emília. Lutou arduamente contra o paganismo, o arianismo, a degradação da sociedade. Conselheiro e pai espiritual de três imperadores romanos, Graciano, Valentiniano II e Teodósio I, Ambrósio é o símbolo da Igreja nascente, após os sofridos anos de perseguições e vida escondida. Foi graças à sua atuação que a Igreja de Roma conseguiu tratar com o poder público sem servilismo.

Tanto que Ambrósio chegou a repreender asperamente o imperador Teodósio I, obrigando-o a fazer uma penitência pública por ter massacrado a população da Tessalônica para conter uma revolta. A sua figura representa o ideal de bispo pastor, que se deve impor como símbolo de liberdade e de pacificação para o Povo de Deus.

Liturgia Diária Comentada 07/12/2016 quarta-feira

2ª Semana do Advento - 2ª Semana do Saltério
Prefácio do Advento I - Ofício do dia
Cor: Roxo - Ano “A” Mateus

Antífona: 1Sm 2,35 - Farei surgir um sacerdote fiel, que agirá segundo o meu coração e a minha vontade, diz o Senhor.

Oração do Dia: Ó Deus, que fizestes o bispo Santo Ambrósio doutor da fé católica e exemplo de intrépido pastor, despertai na vossa Igreja homens segundo o vosso coração, que a governem com força e sabedoria. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Primeira Leitura: Livro do Profeta Isaías 40,25-31

Com quem haveis de me comparar, e a quem seria eu igual?" – fala o Santo. Levantai os olhos para o alto e vede: Quem criou tudo isto? – Aquele que expressa em números o exército das estrelas e a cada uma chama pelo nome: tal é a grandeza e força e poder de Deus que nenhuma delas falta à chamada. Então, por que dizes, Jacó, e por que falas, Israel: "Minha vida ocultou-se da vista do Senhor e meu julgamento escapa ao do meu Deus?" Acaso ignoras, ou não ouviste? O Senhor é o Deus eterno que criou os confins da terra; ele não falha nem se cansa, insondável é sua sabedoria; ele dá coragem ao desvalido e aumenta o vigor do mais fraco. Cansam-se as crianças e param, os jovens tropeçam e caem, mas os que esperam no Senhor renovam suas forças, criam asas como as águias, correm sem se cansar, caminham sem parar. - Palavra do Senhor.

Todos temos algo de ovelha perdida - Papa Francisco

O ponto central da homilia do Papa na manhã da terça-feira (06/12) foi o Evangelho da ovelha perdida com a alegria pela consolação do Senhor.

“Ele vem como um juiz” – explicou Francisco – “mas um juiz que cuida, um juiz cheio de ternura: faz de tudo para nos salvar”: não vem “para condenar mas para salvar”, procura cada um de nós, nos ama pessoalmente, “não ama a massa indistinta”, mas “nos ama por nome, nos ama como somos”.

A ovelha perdida – comentou o Papa – “não se perdeu porque não tinha uma bússola. Conhecia bem o caminho”. Se perdeu porque “o coração estava doente”, cego por “uma dissociação interior” e foge “para ficar longe do Senhor, para saciar aquela escuridão interior que a levava à vida dupla”: estar no rebanho e fugir para a escuridão. “O Senhor conhece estas coisas” e “vai a sua procura”. “A figura que melhor me faz entender o comportamento do Senhor com a ovelha perdida – confessa o Papa – é o comportamento do Senhor com Judas”.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

São Sabas “Padroeiro dos Órfãos”- 05 de dezembro

São Sabas, que sofrestes tanto em vossa infância, sem família e ainda submerso às maldades dos que cuidavam de vós, dai aos órfãos de nosso mundo o caminho que lhes conduza a Deus a fim de que encontrem a mais bela e verdadeira família: a dos santos. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.

No ano de 439 nascia no vilarejo de Mutalasca, próximo a Cesaréia da Capadócia, São Sabas. Ingressou no mosteiro fundado por Passarião em Jerusalém no ano de 457 onde ficou pouco tempo. Desejando viver em profunda oração isolou-se em uma caverna no Vale do Cedron, felizmente não durou mito tempo pois, vários outros jovens resolveram juntar-se a ele. Sendo assim, organizou esse grupo que passou a viver segundo as regras cenobita criadas por São Pacâmio. São Sabas é considerado “Padroeiro dos Órfãos”.

Os bárbaros godos são conhecidos, na história, por suas guerras de conquista contra terras e nações cristãs. Pagãos, perseguiram e executaram milhares de católicos, mas não puderam impedir a conversão de várias famílias. Foi numa dessas que nasceu Sabas, no ano 439. 

Liturgia Diária Comentada 05/12/2016 segunda-feira

2ª Semana do Advento - 2ª Semana do Saltério
Prefácio do Advento I - Ofício do dia
Cor: Roxo - Ano “A” Mateus

Antífona: Salmo 24,1-3 A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio em vós, que eu não seja envergonhado! Não se riam de mim meus inimigos, pois não será desiludido quem em vós espera.

Oração do Dia: Cheguem à vossa presença, ó Deus, as nossas orações suplicantes, e possamos celebrar de coração puro o grande mistério da encarnação do vosso Filho. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Primeira Leitura: Livro do Profeta Isaías 35,1-10

Alegre-se a terra que era deserta e intransitável, exulte a solidão e floresça como um lírio. Germine e exulte de alegria e louvores. Foi-lhe dada a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Saron; seus habitantes verão a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus. Fortalecei as mãos enfraquecidas e firmai os joelhos debilitados. Dizei às pessoas deprimidas: “Criai ânimo, não tenhais medo! Vede, é vosso Deus, é a vingança que vem, é a recompensa de Deus; é ele que vem para vos salvar”. Então se abrirão os olhos dos cegos e se descerrarão os ouvidos dos surdos. O coxo saltará como um cervo e se desatará a língua dos mudos, assim como brotarão águas no deserto e jorrarão torrentes no ermo. A terra árida se transformará em lago, e a região sedenta, em fontes d’água; nas cavernas onde viviam dragões crescerá o caniço e o junco. Ali haverá uma vereda e um caminho; o caminho se chamará estrada santa: por ela não passará o impuro; mas será uma estrada reta em que até os débeis não se perderão. Ali não existem leões, não andam por ela animais depredadores, nem mesmo aparecem lá; os que forem libertados poderão percorrê-la, os que o Senhor salvou voltarão para casa. Eles virão a Sião cantando louvores, com infinita alegria brilhando em seus rostos: cheios de gozo e contentamento, não mais conhecerão a dor e o pranto”. - Palavra do Senhor.